Quais elementos estão presentes no corpo humano?

Você consegue citar quais são os elementos do corpo humano e o que eles fazem? Pois bem, existem várias maneiras de considerar a composição do corpo humano, incluindo os elementos que o constituem.

Com base no número de átomos e sua contribuição para o peso total do corpo humano, os elementos podem ser divididos em três grupos: os elementos principais, os elementos secundários e os oligoelementos.

Os elementos principais, como o próprio nome indica, são os mais essenciais e abundantes à vida humana, seguidos em volume dos elementos secundários. No entanto, quando se trata dos oligoelementos, nem todos são conhecidos por estarem envolvidos no funcionamento ativo do corpo humano, como veremos ao longo deste artigo.

Os principais elementos presentes no corpo humano

Os quatro elementos principais do corpo humano são oxigênio, hidrogênio, carbono e nitrogênio. Aproximadamente 60% do corpo humano é composto de água, então não deve ser uma surpresa que o oxigênio e o hidrogênio, os dois elementos que constituem a água, sejam alguns dos mais abundantes no corpo humano. O oxigênio é o mais abundante (65%), enquanto o hidrogênio ocupa o terceiro lugar na lista (9.5%).

O oxigênio, na forma de água, ajuda a regular a temperatura do corpo e a pressão osmótica, enquanto o oxigênio molecular (que inalamos) desempenha um papel vital na conversão da glicose em moléculas de ATP, essenciais como fonte de energia para as células realizarem seus processos. Como o oxigênio, o hidrogênio está presente principalmente na forma de água e é encontrado em praticamente todos os compostos orgânicos.

O carbono, o elemento central dos compostos orgânicos, é o segundo elemento mais abundante no corpo humano e contribui com cerca de 18% do peso corporal total. Na verdade, o carbono é o elemento primário de toda a vida na Terra e está na base de todos os compostos orgânicos.

Depois do carbono e em quarto lugar na lista de abundância, vem o nitrogênio. Este elemento é responsável por 3% do peso corporal total de um ser humano. O nitrogênio é o elemento mais abundante na atmosfera da Terra e entra em nosso corpo juntamente com o oxigênio a cada inspiração que realizamos.

No entanto, vale destacar que o corpo humano não precisa do nitrogênio em seu estado gasoso e, portanto, o exala imediatamente, mas aceita o nitrogênio dos alimentos. Isso ocorre porque este elemento é um componente importante dos aminoácidos (que são usados para construir proteínas) e dos ácidos nucleicos como DNA e RNA (material genético).

Os elementos secundários presentes no corpo humano

Os elementos secundários incluem cálcio, fósforo, potássio, enxofre, sódio, cloro e magnésio. O cálcio é o quinto elemento mais abundante e o mineral mais numeroso no corpo humano, representando aproximadamente 1,5% do peso corporal total.

Embora 99% do cálcio seja encontrado nos ossos e dentes, esse elemento também desempenha um papel na contração dos músculos e na regulação das proteínas.

O fósforo segue o cálcio na ordem de abundância (1% do peso corporal total) no corpo humano. Ele é encontrado principalmente nas moléculas de ATP (trifosfato de adenosina) e nos ossos, juntamente com o cálcio.

Os próximos itens da lista são o potássio (0,35%) e o sódio (0,15%). Seus íons carregados positivamente ajudam na condução dos sinais nervosos e na regulação da quantidade de fluido no corpo humano. O potássio também desempenha um papel em cada batimento cardíaco. Por sua vez, o enxofre (0,25%) é um componente de certos aminoácidos, como a cisteína e a metionina.

Os dois elementos finais com uma contribuição substancial para a massa total do corpo humano são o cloro (0,15%) e o magnésio (0,005%). O cloro é encontrado no estômago na forma de ácido clorídrico, auxiliando no equilíbrio de água e sal do corpo. O magnésio, por outro lado, está envolvido em múltiplas reações metabólicas e enzimáticas, ao mesmo tempo que desempenha um papel estrutural nos ossos.

Os oligoelementos

Existem outros 49 elementos encontrados em pequenas quantidades no corpo humano. No entanto, dentre todos esses elementos, apenas alguns são considerados essenciais para a vida humana, enquanto alguns não servem a nenhum propósito, mas também não causam danos.

Os oligoelementos essenciais para a vida humana incluem ferro, zinco, cobre, iodo, selênio, cromo, manganês, lítio, molibdênio e cobalto. O ferro talvez seja o mais importante, pois é responsável pelo transporte de oxigênio para os glóbulos vermelhos na forma de hemoglobina.

Existem também alguns elementos, como silício, boro, níquel e vanádio, que são considerados possivelmente essenciais para a vida humana, embora não haja muita concordância em torno disso.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

Por que a borracha apaga o lápis e não a caneta?

Próximo Artigo

Por que dormimos melhor no frio?

Postagens Relacionadas