Por que tantas pessoas têm dor nas costas?

A dor nas costas é um sintoma tão comum que a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 80% da população mundial sofrerá com esse tipo de desconforto em algum momento da vida.

Ela também é a principal causa de deficiência em todo o mundo, de acordo com um estudo de 2014 publicado na revista Annals of the Rheumatic Diseases. Dito isto, a pergunta que fica é: por que os humanos sofrem tanto com dor nas costas?

Ao longo deste artigo, você vai descobrir que a dor nas costas está intimamente relacionada ao nosso modo de locomoção e à própria estrutura do corpo humano.

A forma como nos locomovemos promove a dor nas costas

Por incrível que pareça, o fato de andarmos sobre duas pernas contribui grandemente para as dores nas costas. De acordo com o Science Daily, nossos ancestrais se locomoveram sobre quatro patas por dezenas de milhões de anos. Na prática, os mamíferos com essa forma corporal têm uma coluna vertebral horizontal que atua como uma ponte pênsil, sustentando seu torso.

Cerca de 7 milhões de anos atrás, os ancestrais humanos desenvolveram uma postura mais ereta, de modo que a coluna vertebral ficou vertical, permitindo que se movessem sobre os dois pés. Os especialistas ainda não sabem com precisão por que os humanos evoluíram para se tornarem bípedes, mas uma das principais teorias é que isso ajudou na transição das selvas para a savana.

Independente disso, o fato é que, embora essa adaptação tenha ajudado a humanidade a florescer, ela trouxe alguns custos. Como a evolução só pode funcionar com anatomias e formas pré-existentes, essa adaptação acabou comprometendo a nossa estrutura corporal.

Estrutura da coluna vertebral também entra em cena

Em uma forma simplificada, podemos descrever a coluna vertebral como uma série de xícaras (vértebras) e pires (discos entre as vértebras) equilibrados uns em cima dos outros. A maioria das pessoas tem 24 xícaras e 23 discos. Ligamentos e músculos ajudam a estabilizar toda essa pilha, mas por estarem na vertical, os discos tendem a “escorregar”.

Vale destacar que os humanos são os únicos seres mamíferos que sabemos que, à medida que envelhecem, podem obter fraturas espontâneas das vértebras apenas por ter esse peso no topo de cada vértebra sucessiva.

A curva natural da coluna vertebral humana também causa problemas. A coluna se curva para equilibrar o peso e permitir uma maior flexibilidade, mas por causa dessa curvatura, as pessoas são suscetíveis a desenvolver curvas cada vez mais extremas, como no caso da cifose (uma curvatura externa da parte superior da coluna) ou escoliose (uma curvatura lateral da coluna). Em cada curvatura, a coluna também fica sujeita a fraturas.

Curiosamente, nem todos os bípedes sentem tanta dor nas costas quanto os humanos. Alguns grandes pássaros, como avestruzes, andam eretos sobre dois membros sem muitos problemas. Um dos motivos é que a espinha dessas aves é mais diagonal do que vertical, de modo que ela pode funcionar mais como uma ponte suspensa do que como uma torre de xícaras e pires.

A vida moderna também contribui para a dor nas costas

Se você fica sentado com uma postura incorreta o dia todo e não trabalha os músculos da parte inferior das costas através de alongamentos e exercícios, certamente sofrerá com dores nas costas em algum momento. De acordo com o grau do problema, isso pode acarretar até o afastamento do trabalho e das atividades da vida pessoal.

Vale destacar que a postura errada é prejudicial à saúde não apenas por causar dores nas costas, mas também em outras partes do corpo. Por isso, é importante manter uma boa postura e utilizar cadeiras adequadas para evitar problemas que podem se agravar com o tempo.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

12 Curiosidades incríveis sobre o dólar

Próximo Artigo

Por que os dentes são tão sensíveis à dor?

Postagens Relacionadas