Por que os pica-paus perfuram as árvores?

Os pica-paus são amplamente conhecidos por seus grandes bicos que perfuram as árvores e criam um som único. Observar pica-paus bicando madeiras (ou às vezes até estruturas de metal) é algo um tanto comum durante os invernos em muitas áreas do mundo, como no estado americano de Utah, onde esses pássaros são endêmicos. Mas, afinal de contas, você já se perguntou por que eles perfuram as árvores?

Ao longo deste artigo, você vai descobrir que os pica-paus utilizam suas bicadas especialmente para fins de alimentação e criação de ninhos.

As razões que explicam a obsessão dos pica-paus pela perfuração de árvores

Na maioria dos casos, os pica-paus perfuram as árvores em busca de comida. Esses animais costumam se alimentar de insetos que vivem nas cascas das árvores, usando seu bico afiado para extrair os insetos da madeira e sua língua comprida para alcançar as cavidades mais complexas. Ainda assim, alguns pica-paus também se alimentam de frutas, nozes, sementes e até mesmo da seiva das árvores.

Os pica-paus também bicam madeira para escavar ninhos. Eles bicam a madeira para criar seus habitats não apenas em árvores, mas em qualquer estrutura de madeira, incluindo postes de energia, por exemplo. Em uma única ninhada, eles normalmente reproduzem de quatro a oito ovos.

Também vale destacar que bicar pode servir como uma forma de comunicação para os pica-paus. Nesses casos, eles podem bicar para flertar e atrair parceiras. Eles também utilizam essa forma de comunicação para sinalizar sua presença para outros pica-paus próximos.

O ritmo pra lá de frenético dos pica-paus

Pouca gente sabe, mas um único pica-pau é capaz de bicar de 8.000 a 12.000 vezes por dia e com uma velocidade de 20 bicadas por segundo! Como se isso já não fosse suficiente, a força de impacto da bicada é 1000 vezes maior do que a força da gravidade, mas devido ao design especial do crânio dos pica-paus, o choque do impacto é direcionado para longe do cérebro, protegendo-o de ferimentos graves.

O crânio de um pica-pau é constituído de tal forma que pode absorver choques e minimizar os danos causados por bicadas constantes e furiosas. Os ossos e músculos que circundam o cérebro são grossos e esponjosos, o que auxilia os pica-paus na prevenção de lesões no cérebro e nos olhos.

Ainda assim, devemos salientar que, embora as bicadas dos pica-paus não causem danos a essas aves, elas causam estragos em árvores e estruturas de madeira. Por exemplo, árvores frutíferas e casas de madeira podem ser parcialmente destruídas pela ação contínua dos pica-paus.

Curiosamente, os pica-paus também bicam estruturas de metal, como antenas de TV, tampas de chaminés, entre outras coisas semelhantes. No entanto, por serem animais ameaçados de extinção, eles são altamente protegidos por leis ambientais.

Uma palavra final

Existem cerca de 200 espécies e cerca de 30 gêneros na família dos pica-paus. Seu tamanho pode variar de 7 cm a 50 cm, sendo que a maior espécie é o pica-pau-cinzento (Mulleripicus pulverulentus).

Alguns pica-paus são monogâmicos e juntos de seus parceiros detêm grandes territórios. É raro ver mais de dois pássaros juntos ao mesmo tempo. Quando um membro de um par morre, o outro geralmente busca encontrar um novo companheiro.

O barulho das bicadas dessas aves (geralmente em superfícies ressonantes de metal ou madeira) costuma ocorrer entre janeiro e abril na América do Norte, quando os insetos costumam ficar dentro de seus habitats em cascas de árvores.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

Por que os cães atacam crianças?

Próximo Artigo

Por que o chocolate branco não é considerado chocolate de verdade?

Postagens Relacionadas