Por que os olhos de alguns animais brilham no escuro?

Se você é uma pessoa minimamente observadora, já deve ter reparado que os olhos de alguns animais brilham no escuro. De fato, isso costuma ser bastante intrigante, afinal, é como se esses animais estivessem “sendo possuídos” por alguma entidade maligna. No entanto, como veremos ao longo deste artigo, não há nada de sobrenatural quando se trata do brilho noturno dos olhos desses animais.

Na verdade, os olhos de alguns animais brilham no escuro porque há uma camada reflexiva especial na parte de trás de seus globos oculares (chamada tapetum lucidum) que aumenta a quantidade de luz absorvida pelos fotorreceptores em seus olhos.

O que é o tapetum lucidum?

Em termos básicos, o tapetum lucidum é uma camada reflexiva de tecidos que se encontra nos olhos de muitos animais vertebrados e invertebrados. No caso de vertebrados (por exemplo, cães e gatos), esta camada pode ser encontrada na parte posterior da retina.

A principal função dessa camada reflexiva é aumentar a luz disponível para os fotorreceptores nos olhos. Em suma, os fotorreceptores são neurônios especiais na retina que convertem a luz visível (ao absorver fótons de luz) em sinais que podem posteriormente desencadear processos biológicos no corpo.

É bem provável que já tenha lido sobre os cones e bastonetes em nossos olhos que nos ajudam a diferenciar as cores e fornecer visibilidade à noite, respectivamente. Pois bem, os cones e bastonetes são, na verdade, dois dos três tipos de células fotorreceptoras encontradas na retina dos mamíferos.

Em outras palavras, nós poderíamos dizer que o tapetum lucidum é uma espécie de espelho localizado atrás dos olhos de certos mamíferos que faz seus olhos brilharem, o que costuma ser bem mais perceptível à noite.

Por que o tapetum lucidum faz os olhos dos animais brilharem?

Todos os vertebrados que têm o tapetum lucidum nos olhos tendem a ter pupilas brilhantes (este efeito é conhecido como o tal “brilho dos olhos”). Mas por que isso acontece? Como uma simples camada de células na parte de trás do globo ocular faz os olhos de certos animais brilharem?

Bem, basicamente, é tudo uma questão de óptica básica. Como o tapetum lucidum é um retrorrefletor (algo que reflete a luz incidente de volta à sua fonte sem muita dispersão) de forma transparente, ele reflete a luz que incide de volta ao seu caminho original. Como resultado, o espectro de cores da luz original que é refletida se mistura.

Na prática, isso ajuda o animal a ver mais claramente (especialmente à noite), pois os fotorreceptores recebem mais luz e, portanto, produzem uma imagem mais brilhante do objeto. No entanto, esse tipo de visão noturna aprimorada em animais vem com uma advertência: as imagens que eles veem devido a esse reflexo e absorção de luz costumam ser um pouco desfocadas.

Vale destacar que a cor refletida depende dos minerais que compõem os cristais reflexivos do tapetum lucidum e do ângulo em que o brilho dos olhos é visto. As cores mais comuns do brilho dos olhos incluem um branco com uma periferia azul (em cães), esverdeado (em tigres) e verde dourado com uma borda azul ou azul claro com uma borda lilás (em gazelas).

Uma palavra final

Muitos animais, especialmente os noturnos, apresentam algum tipo de brilho nos olhos, pois isso os ajuda a enxergar melhor à noite, lhes dá uma vantagem natural na caça por comida e os ajuda a evitar predadores.

De fato, até mesmo alguns animais aquáticos como crocodilos, tubarões e teleósteos contam com o auxílio dessa camada na parte de trás de seus olhos.

Consequentemente, os humanos costumam avistar e localizar certas espécies de animais no escuro ao procurar seu brilho refletido. Além disso, cavalos e cães treinados nos ajudam em operações de busca e resgate realizadas à noite, então essa é uma outra vantagem derivada do brilho dos olhos de outros animais.

De certo modo, nós até usamos a ideia do tapetum lucidum para aumentar a segurança em nossas estradas. Isso pode ser percebido nos “olhos-de-gato”, os populares retrorrefletores sintéticos que são usados em marcadores de rodovias para separar faixas de tráfego opostas.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

Como os sapos respiram?

Próximo Artigo

Quem inventou o biscoito da sorte?

Postagens Relacionadas