Por que os celeiros americanos são vermelhos?

De um modo geral, a cultura dos Estados Unidos carrega consigo uma grande lista de peculiaridades. Por exemplo, a imagem de um celeiro vermelho sobre a grama bem verdinha é uma das coisas que temos em mente quando falamos sobre as fazendas em terras norte-americanas. Mas, por falar nisso, você já se perguntou por que os celeiros americanos são vermelhos?

Embora existam muitos mitos sobre sua cor característica, que lembra uma superfície enferrujada, os primeiros celeiros em solo americano vieram a ser pintados de vermelho por pura conveniência, como veremos ao longo deste artigo.

A curiosa relação dos primeiros colonizadores dos EUA com as tintas

As tintas estão conosco desde os tempos pré-históricos. Algumas das primeiras formas existentes de tintas foram criadas a partir da mistura de materiais orgânicos, cinzas e óleos. No entanto, o que muita gente não sabe é que nem todo mundo costumava pintar o exterior de suas casas no passado.

Um bom exemplo disso poderia ser visto os primeiros colonizadores nos Estados Unidos, que acreditavam fielmente que o ato de pintar o exterior das residências servia somente como um sinal de imodéstia e vaidade, segundo o Popular Wise. De fato, em algumas habitações comunitárias, pintar o exterior até poderia dar origem a algum tipo de problema jurídico.

Para os fazendeiros e seus celeiros em algumas regiões, a mentalidade era praticamente a mesma. Um celeiro pintado era visto somente como um símbolo de riqueza. Na prática, os fazendeiros não viam muita lógica em gastar dinheiro simplesmente para fazer seus celeiros parecerem bonitos.

Agora, você deve estar pensando em como as pessoas preservam a madeira de suas casas e outras construções sem materiais selantes. Bem, antes do século 19, muitos agricultores acreditavam na filosofia de que a madeira certa no lugar certo não precisava de tinta, mas isso eventualmente mudou, como veremos no tópico a seguir.

Como os celeiros passaram a ser vermelhos?

Com o passar dos anos, os fazendeiros começaram a buscar uma solução mais duradoura para proteger a madeira de seus celeiros. Diferentes soluções caseiras para este fim foram levantadas, sendo que a base mais popular usada pelos agricultores era o óleo de linhaça.

Para fortalecer o óleo e ajudá-lo a secar rapidamente, os agricultores começaram a misturá-lo com leite, cal, e terebintina, o que levou à criação de uma tinta de cor alaranjada. No entanto, embora essa mistura selasse a madeira da umidade, ela nunca impediu o crescimento de musgo e mofo que infestavam as estruturas de madeira.

Buscando uma solução, os agricultores começaram a adicionar óxido de ferro (comumente conhecido como ferrugem) à mistura. A ferrugem era facilmente encontrada nos solos das fazendas do leste dos Estados Unidos e em muitos outros lugares, o que a tornava barata e facilmente disponível. No fim das contas, a adição de óxido de ferro mudava a cor da madeira de laranja queimado para um marrom-avermelhado escuro.

Quando a tinta se tornou mais barata nos Estados Unidos por causa da produção em massa no século 19, os fazendeiros passaram a comprar galões de cor vermelha para seus celeiros simplesmente porque era geralmente a cor mais barata disponível naquela época, graças à fácil disponibilidade de óxido de ferro.

Uma palavra final

Originalmente, os primeiros celeiros nos Estados Unidos não eram nem mesmo pintados. Os primeiros fazendeiros que se instalaram no país não costumavam ter muito dinheiro extra para gastar com tinta, então a maioria de seus celeiros permanecia sem pintura.

Eventualmente, os americanos começaram a pintar seus celeiros com tinta de cor vermelha porque era a mais barata e mais facilmente encontrada no mercado, até porque a maioria dos fazendeiros ainda não enxergava grandes vantagens em gastar dinheiro com tintas caras para pintar uma construção rural.

Quanto ao motivo dos celeiros ainda serem pintados de vermelho, trata-se somente de uma tradição, pois não há nenhuma razão em particular para pintar os celeiros desta forma.

Curiosamente, uma antiga crença dizia que os primeiros celeiros eram vermelhos para que as vacas pudessem encontrar o caminho de casa mais facilmente. No entanto, essa é apenas uma lenda, já que esses animais são daltônicos para as cores vermelho e verde.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

Como funciona um tabuleiro ouija?

Próximo Artigo

Qual a importância dos raios?

Postagens Relacionadas