Por que ficamos desidratados durante viagens?

A maioria das pessoas experimenta algum tipo de desidratação quando viaja, tanto em aviões quanto em carros. Às vezes, até os cães passam por isso! No entanto, só porque isso acontece com quase todo mundo não o torna menos interessante; então, qual é a verdadeira razão por trás desse fenômeno comum de ficarmos desidratados durante viagens?

Ao longo deste artigo, você vai descobrir que grande parte dessa desidratação tem a ver com sistemas de circulação de ar.

Em um avião, a cabine deve ser pressurizada e o oxigênio fresco deve ser fornecido aos passageiros. Se as pessoas engolissem todo o oxigênio do tubo selado e depois exalassem dióxido de carbono, eventualmente, não haveria mais ar para respirar.

Dito isto, o sistema de circulação de ar de qualquer aeronave deve inspirar o ar respirável de fora do avião e entregá-lo aos passageiros. No entanto, o ar fora de um avião a 35.000 pés tende a ser extremamente seco, com umidade de apenas 10-20%. Algumas pessoas também consideram as viagens aéreas estressantes, o que pode aumentar a transpiração e diminuir ainda mais a hidratação.

Quando o ar ao seu redor está seco (baixa umidade), a água presente no nariz, olhos, boca e garganta é atraída para as moléculas de ar mais secas ao seu redor, em um processo semelhante à convecção e evaporação. Portanto, embora você possa se sentir como se estivesse devidamente hidratado antes de pegar o voo, seu corpo perderá grande parte da água para o ar seco ao seu redor. Este ar circulado é bom para manter o ar limpo, mas certamente não ajuda no equilíbrio da água em seu corpo.

Curiosamente, há também um segundo efeito com o qual os viajantes aéreos devem lidar: quando o ar está seco, os cílios no nariz não funcionam tão efetivamente para capturar e eliminar agentes patogênicos e irritantes transportados pelo ar, então pode ser mais fácil ficar doente em um avião, mesmo que o ar esteja sendo reciclado e circulado durante todo o voo.

Como ficamos desidratados durante viagens terrestres

Embora a desidratação durante um voo seja perfeitamente explicável, a desidratação ao dirigir ainda não pode ser totalmente fundamentada. Ainda assim, a tese mais aceita é a que diz que, quando ficamos sentados por longos períodos em uma viagem, especialmente no verão, nossos corpos ficam naturalmente mais quentes, o que significa que tendemos a suar mais.

Quando combinado com a perda normal de hidratação pela respiração, pode ser muito fácil ficar desidratado no carro sem perceber. Você pode não estar realizando nenhum esforço físico, mas seu corpo ainda perderá água constantemente, principalmente nos pontos mais quentes de contato entre seu corpo e o assento do veículo.

Existem alguns estudos que argumentam que dirigir desidratado é tão perigoso quanto dirigir embriagado, pois a desidratação pode resultar em reflexos lentos, exaustão, visão turva, tontura e perda de foco. Consequentemente, tudo isso pode significar um desastre em viagens longas, então você precisa se manter hidratado.

Vale destacar que uma boa prática é beber uma ou duas garrafas de água toda vez que você parar em um posto de combustível para reabastecer o carro. Além disso, pode ser interessante consumir bebidas com infusão de eletrólitos durante toda a viagem.

Como combater a desidratação

A solução óbvia para evitar a desidratação é beber mais água, mas isso pode ser mais fácil de dizer do que fazer, particularmente se levarmos em conta as restrições severas de líquidos em aviões e a falta de esforço físico, que normalmente funciona como um gatilho para beber mais água.

Evitar salgadinhos secos e salgados também é um bom conselho, embora isso possa ser difícil de colocar em prática quando tudo o que é oferecido nos aviões envolve lanches cheios de sódio. Lembre-se também de evitar o álcool, pois ele também desidrata o corpo.

Vestir-se adequadamente para viajar também pode ajudar. Se você estiver preocupado com os efeitos da desidratação, evite utilizar roupas feitas com tecidos que aumentam a taxa de transpiração.

Por último, tenha em mente que consumir balas para estimular a produção de saliva também pode tornar suas viagens mais confortáveis, mesmo se seu corpo estiver um pouco desidratado.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

Quem inventou o cereal matinal?

Próximo Artigo

Por que as comidas duram mais tempo na geladeira?

Postagens Relacionadas