Por que as bolas de golfe possuem vários buracos?

Quer você seja um entusiasta do golfe ou apenas uma pessoa observadora que em alguma oportunidade prestou atenção nos equipamentos utilizados neste esporte, você já deve ter se perguntado por que as bolas de golfe têm centenas de pequenas depressões em sua superfície. Esses buracos são apenas para promover um efeito estético ou servem a um propósito especial?

Como você verá ao longo deste artigo, a verdade é que os buracos nas bolas de golfe são detalhes importantíssimos que tornam possível a prática desse esporte.

Qual a função dos pequenos buracos localizados nas bolas de golfe?

Em termos básicos, essas “covinhas” facilitam a otimização aerodinâmica, permitindo que a bola possa percorrer distâncias mais longas, ao mesmo tempo em que influencia a sustentação e o avanço do objeto no ar.

De acordo com a revista Scientific American, uma bola com esses pequenos buracos viaja duas vezes mais longe do que uma bola lisa. Na prática, isso ocorre porque as covinhas produzem uma espécie de barreira de ar ao redor da bola, reduzindo o rastro de ar e também o arrasto.

Essas pequenas depressões também funcionam como agentes turbuladores, induzindo turbulência na camada ao redor da bola.

O resultado geral é que o ar flui mais suavemente ao redor da bola. Em outras palavras, é como se a bola estivesse essencialmente no meio de um sanduíche aerodinâmico perfeito, contando com uma pressão na parte de trás que a empurra para a frente e uma pressão reduzida na parte frontal que permite que ela se mova mais rápido.

Outros detalhes também fazem a diferença

A profundidade das covinhas das bolas de golfe também pode fazer uma grande diferença. Uma bola de golfe conta com buracos que apresentam uma profundidade média de 0,010 polegadas. A maioria dessas cavidades é esférica, embora algumas empresas tenham adotado uma forma hexagonal para reduzir ainda mais o arrasto.

Curiosamente, as bolas de golfe nem sempre possuíram essas pequenas depressões. Os primeiros golfistas usavam bolas totalmente lisas, mas eventualmente notaram que quanto mais uma bola era entalhada e danificada, mais longe ela viajava. No caso de uma bola de golfe, um alto nível de “deformidade” é um fator benéfico para a prática do jogo.

Quantas dessas covinhas tem uma bola de golfe?

A verdade é que não há uma única resposta para quantas covinhas existem em uma bola de golfe. Em suma, isso ocorre porque o número desses pequenos buracos costuma variar de acordo com o modelo e o fabricante. Na maioria das vezes, entretanto, o número de covinhas por bola de golfe fica entre 300 e 500.

O modelo 2017/18 da Titleist Pro V1, por exemplo, tem 352 covinhas, enquanto uma outra bola da Titleist que foi lançada no mesmo ano, a Pro V1x, tem 328 cavidades.

Independente do número, a regra inviolável é que essas pequenas depressões nas bolas de golfe devem ter um arranjo simétrico e precisam estar dentro de uma faixa específica de raio e profundidade.

À medida que a tecnologia das bolas avança, testes com novos modelos são realizados a um ritmo cada vez mais constante. Na era moderna, os padrões de ondulações são exaustivamente testados com equipamentos de alta tecnologia para encontrar o design ideal capaz de permitir um maior controle das tacadas por parte do golfista.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

Os animais também sofrem queimaduras solares?

Próximo Artigo

12 Curiosidades incríveis sobre o Subway

Postagens Relacionadas