Os cães têm noção de tempo?

Se você tem um cachorro de estimação, já deve ter percebido que o seu animal costuma se sentar ao lado da tigela em horários bastante específicos, sem falar que ele pode até acordá-lo de manhã como se fosse o seu despertador de confiança. Se isso já aconteceu na sua vida, você deve ter se perguntado: afinal, os cães têm noção de tempo?

Ao longo desse artigo, você vai descobrir que a suposta noção de tempo dos cães é mais complexa do que muitas pessoas podem imaginar.

Como os cães entendem o tempo

Contar o tempo em segundos, minutos, horas, semanas, meses e anos é uma concepção estranha para nossos cães. A razão para isso é que as variadas medidas de tempo foram inventadas pelos humanos. No entanto, isso não significa que os cães vivam inconscientes da temporalização, pois todos os organismos vivos são regidos por seus próprios ritmos circadianos.

O ritmo circadiano é um processo biológico constituído de atividades diárias baseadas nas programações internas dos seres vivos. Assim, se observarmos os cachorros, veremos que eles costumam repetir as mesmas rotinas. Essas rotinas incluem horários de sono e alimentação ou atividades realizadas. Portanto, podemos concluir que os cães têm, de fato, algum senso de tempo ao seu modo.

Por outro lado, é importante notar que a percepção do tempo de um cão difere da percepção dos humanos. De um modo geral, os cães percebem o tempo devido a elementos externos. Por exemplo, você já notou que quando seu cachorro ouve o som da coleira balançando, ele fica instantaneamente pronto para uma caminhada?

Pelas nossas simples ações repetidas de acordar, escovar os dentes e se vestir, nossos cães também podem compreender que vamos sair de casa. Eles já viram essa rotina muitas vezes e, portanto, podem entender as nuances por trás disso. Ainda assim, como isso explica o fato de que eles sabem até mesmo quando vamos voltar para casa? Bem, por incrível que pareça, isso está intimamente ligado ao olfato desses animais.

O poderoso olfato dos cães e seu papel na construção da noção de tempo

Nós, como humanos, baseamos a maior parte de nossa comunicação na linguagem falada. Os cães, entretanto, fazem isso por meio de seus sentidos, através dos quais eles podem interpretar as informações não-verbais que apresentamos. Mas se um cachorro não tem relógio, como eles parecem saber quando vamos voltar para casa? A resposta para isso é o cheiro, pois os cães podem, de fato, ver as horas com o nariz!

Um experimento foi realizado para esclarecer a conexão entre o tempo e o olfato dos cães. Ao fim do estudo, concluiu-se que a ausência de cada dono de cachorro fazia com que o cheiro de suas respectivas residências mudasse gradativamente. Quanto mais tempo passasse, mais “fraco” seria o cheiro do dono do cachorro.

Quando esse cheiro atingisse seu ponto mais fraco, cada cachorro conseguia estimar o momento em que seu dono voltaria para casa. Assim, o olfato, complementado por ritmos circadianos (alterações hormonais diárias, temperatura corporal e movimentos neurais) e rotinas estabelecidas, permitem-nos acreditar que os cães têm uma certa consciência da passagem do tempo.

Uma palavra final

Vale destacar que a mudança da temperatura ambiente também ajuda os cães a perceberem a passagem do tempo. À medida que a manhã passa para o meio-dia e para a noite, esses animais podem perceber um movimento do ar mais frio para o ar mais quente e de volta para o ar mais frio. Na prática, isso também pode ajudá-los a perceber que horas do dia são.

O “relógio interno” dos cachorros também pode nos dizer muito sobre a memória desses animais, pois eles parecem ter uma longa memória associativa. Por exemplo, eles tendem a associar sua voz profunda com uma repreensão.

De qualquer forma, não existe um sim ou não definitivo sobre se um cão tem esse ou aquele tipo de memória, mas os conceitos em si ajudam a, pelo menos, dar-nos uma melhor compreensão sobre como os cães podem ou não contar as horas.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

12 Curiosidades incríveis sobre a BMW

Próximo Artigo

Por que algumas carnes são comidas cruas e outras não?

Postagens Relacionadas