O que foi a Guerra do Balde?

De certa forma, todas as guerras são estúpidas, afinal de contas, elas sempre causam a morte e o sofrimento de boa parte dos envolvidos. No entanto, a Batalha de Zappolino (mais conhecida como Guerra do Balde) é possivelmente a mais estúpida de todas, pois foi desencadeada pelo roubo de um mísero balde de madeira.

Ao longo desse artigo, nós vamos explorar as principais causas, o desenrolar e o desfecho daquele que se tornou um dos conflitos mais inusitados da história.

O início da curiosa Guerra do Balde

Em síntese, a Guerra do Balde de Carvalho, como também passou a ser conhecida popularmente, foi travada em 1325 entre as cidades-estados rivais de Bolonha e Modena, ambas na atual Itália.

Basicamente, tudo começou quando um grupo de soldados modenenses entrou furtivamente em Bolonha e roubou um balde de carvalho usado para tirar água de um poço localizado no centro da cidade.

Embora o balde não carregasse consigo qualquer valor histórico, tal afronta meio que “feriu o orgulho” de Bolonha, fazendo com que os bolonheses “humilhados” passassem a exigir que o balde fosse devolvido. No entanto, os modenenses não cumpriram a exigência, o que ultrajou os bolonheses. Consequentemente, uma guerra logo foi declarada.

Segundo o historiador italiano Salvatore Muzzi, Bolonha reuniu um enorme exército de 30 mil soldados a pé e 2 mil cavaleiros. Os homens marcharam em direção ao campo de batalha localizado nas proximidades do que é hoje a comuna de Zappolino.

Diante deles havia um exército formado por apenas 5 mil homens e 2 mil cavaleiros que Modena conseguiu reunir. Os modenenses também se viram em desvantagem geográfica, pois os bolonheses mantinham o controle dos terrenos mais altos nas colinas circundantes.

O desenrolar da guerra

Apesar de estar em menor número em uma escala de praticamente 6 para 1, o exército de Modena lutou bravamente e surpreendeu a todos. De fato, em questão de horas, a batalha chegou ao fim com os bolonheses fugindo e os modenenses correndo logo atrás.

Na verdade, o exército de Modena não apenas perseguiu os humilhados bolonheses até Bolonha, mas também conseguiu romper os portões da cidade e destruiu vários castelos e uma eclusa no rio Reno, privando a localidade do deslocamento regular de embarcações. A essa altura, os combatentes de Modena também poderiam ter cercado a cidade, mas eles escolheram humilhar seu inimigo de uma outra maneira.

Do lado de fora dos portões da cidade, os homens de Modena decidiram zombar de seus inimigos derrotados com a organização de uma espécie de festa comemorativa para celebrar “a eterna vergonha de Bolonha”.

Curiosamente, a cereja do bolo ainda estaria por vir. Como se toda essa humilhação já não fosse suficiente, os soldados modenenses ainda roubaram um segundo balde antes do retorno a Modena.

O desfecho da Guerra do Balde

No fim das contas, cerca de 2 mil homens perderam a vida nesse conflito absurdamente ridículo e totalmente evitável.

Vale mencionar que, antes do desenrolar da Guerra do Balde, os dois lados já batalhavam em muitas regiões do norte da Itália, o que indica que a rivalidade entre as duas localidades ia além do roubo de baldes de madeira.

Após a guerra, as duas partes chegaram a um acordo de paz e Modena retornou algumas propriedades que havia capturado anteriormente de Bolonha como um gesto de boa vontade. No entanto, o balde que deu início à confusão nunca foi devolvido, embora uma réplica do objeto original ainda possa ser vista em exposição no prédio da prefeitura de Modena.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior
http://molcci.com.br/spyware-aplicativo-espiao-dentro-do-seu-bolso/

Spyware: Aplicativo espião dentro do seu bolso

Próximo Artigo

Existe algum pedaço de terra que não pertence a nenhum país?

Postagens Relacionadas