12 Curiosidades incríveis sobre gêmeos

Da Bíblia à cultura pop, os gêmeos sempre foram objeto de grande fascínio. De fato, médicos e pesquisadores passaram anos tentando descobrir o que há por trás de dois ou mais irmãos que nascem de uma mesma gestação.

Ao longo deste artigo, você vai conferir uma compilação de fatos curiosos pra lá de interessantes que ajudam a explicar o fascínio que há por trás dos gêmeos. Confira!

1. Gêmeos idênticos (monozigóticos) vêm de um óvulo fertilizado que se divide em dois para formar dois bebês com exatamente a mesma composição genética. Gêmeos fraternos (dizigóticos) vêm de dois óvulos separados fertilizados por dois espermatozoides diferentes e se parecem como dois irmãos nascidos em épocas diferentes.

2. Se você já ouviu histórias sobre famílias com vários casos de gêmeos, saiba que há uma razão científica para isso. Há um gene que faz com que as mulheres liberem vários óvulos durante a ovulação, o que aumenta as chances de ela ter gêmeos fraternos. Como os genes são transmitidos aos membros da família, é possível e até provável que um gêmeo dê à luz gêmeos.

3. De acordo com um relatório do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a taxa de natalidade de gêmeos aumentou 76% desde 1980. Em outras palavras, os gêmeos estão definitivamente se multiplicando!

4. Pouca gente sabe, mas é completamente possível ter gêmeos nascidos de diferentes raças e até mesmo de pais diferentes! Isso acontece muito raramente, mas se uma mulher tiver mais de um parceiro sexual, seus ovários podem ser fertilizados por diferentes conjuntos de espermatozoides em duas ocasiões distintas, resultando em nascimentos múltiplos. Isso também pode ocorrer quando eles são concebidos por meio de fertilização in vitro ou até pelo mesmo pai.

5. A cidade de Cândido Godói, no Rio Grande do Sul, é considerada a “capital mundial dos gêmeos”, com 8% dos nascimentos ocorridos entre 1959-2008 sendo de gêmeos. Os moradores locais acreditavam que a razão para esse número incomum tinha a ver com algo na água, mas testes de DNA mostraram que o alto número de endogamia (união entre indivíduos aparentados e geneticamente semelhantes) causou um aumento nas mulheres com o “gene gêmeo”, tornando mais provável o nascimento de gêmeos.

6. Duas irmãs gêmeas na Geórgia, Estados Unidos, deram à luz meninos gêmeos no mesmo dia em 2004. Um evento bem curioso, não é mesmo?

7. Se você quiser distinguir a principal diferença física entre gêmeos, verifique seus umbigos! Umbigos são cicatrizes de corte do cordão umbilical que surgem após o nascimento, então até gêmeos idênticos terão umbigos diferentes. Você também pode distingui-los pelas impressões digitais. As impressões digitais de uma pessoa são um produto de tensões aleatórias experimentadas no útero e, até agora, os especialistas forenses ainda não encontraram dois conjuntos que sejam exatamente iguais.

8. Em 2009, um ladrão conseguiu roubar 6,8 milhões de dólares em joias de uma loja de departamentos de luxo na Alemanha, mas a polícia teve um problema inesperado ao tentar julgar o culpado pelo crime. As amostras de DNA encontradas correspondiam a um de dois irmãos gêmeos, mas não foi possível provar qual deles era o culpado, pois ambos tinham o mesmo material genético. Por conta disso, os dois foram absolvidos.

9. Pesquisadores na Holanda descobriram que quanto mais tarde uma mulher engravidar, maior a probabilidade de ter gêmeos. Basicamente, um hormônio chamado FSH aumenta à medida que as mulheres envelhecem, fazendo com que seus ovários liberem duas ovulações simultâneas. A moral da história é que, se nascimentos múltiplos não são para você, ter filhos cedo é uma boa maneira de tentar evitá-los.

10. Um mito popular em torno dos gêmeos é que eles têm algum tipo de habilidade telepática especial que os permite ler as mentes uns dos outros. Embora nenhuma evidência científica genuína exista para provar a afirmação, vários relatos pessoais descrevem uma conexão mental única.

11. Embora o canhotismo ocorra apenas em cerca de 10% da população, estima-se que 17% dos gêmeos sejam canhotos. Não se sabe exatamente por que isso acontece, mas os pesquisadores especulam que isso pode estar relacionado a fatores ambientais, níveis hormonais diferentes durante a gravidez ou à posição de cada bebê no útero.

12. Antes do surgimento de tecnologias como o ultrassom, uma gravidez de gêmeos costumava ser uma surpresa para os futuros pais. Apesar da tecnologia moderna, surpresas ocasionais ainda podem ocorrer, com um dos bebês permanecendo “escondido” nos estágios iniciais da gravidez.

E então, sabia todas estas coisas?

Vamos aprender, sempre! Conhecimento é sempre bem vindo. Lembre-se de deixar a sua opinião nos comentários e se tiver mais alguma curiosidade para compartilhar, estamos ansiosos para saber.

Total
0
Shares
Artigo Anterior

Por que a Aliança é usada no quarto dedo?

Próximo Artigo

O que faz um astrônomo?

Postagens Relacionadas